terça-feira, junho 27, 2006

# LXXXI - Divas - Quatro - Amália Rodrigues


(Amália Rodrigues)

Não foi um amor à primeira (como tantas outras não o foram). Acho que só uma certa maturidade permite apreciar devidamente algumas das coisas boas desta vida.

Amália é uma dessas. Absolutamente! La diva!

Penosa foi a tarefa de escolher uma canção por ela interpretada. Só de uma coisa tinha a certeza. tinha que ser do álbum Amália no Olympia - o meu favorito dela.

Deixo um trecho do "Tudo isto é fado" e não me penalizo pela escolha...sei que voltarei à Amália mais vezes nestes posts.

---<-@

TUDO ISTO É FADO - (Aníbal Nazaré)

Perguntaste-me outro dia

Se eu sabia o que era o fado
Eu disse que não sabia
Tu ficaste admirado
Sem saber o que dizia
Eu menti naquela hora
E disse que não sabia
Mas vou-te dizer agora


Almas vencidas
Noites perdidas
Sombras bizarras
Na mouraria
Canta um rufia
Choram guitarras
Amor ciúme
Cinzas e lume
Dor e pecado
Tudo isto existe
Tudo isto é triste
Tudo isto é fado

Se queres ser meu senhor
E teres-me sempre a teu lado
Não me fales só de amor
Fala-me também do fado
É canção que é meu castigo
Só nasceu p'ra me perder
O fado é tudo o que eu digo
Mais o que eu não sei dizer


---<-@



2 comentários:

deep disse...

Quando oiço alguns fados da Amália choro, mas choro mesmo.

Abelha disse...

Única. :) ***