terça-feira, julho 04, 2006

# XCVI - Uma casa no campo...


(Em Valongo, no primeiro dia deste mês)




Há muitas canções que se referem a casas-refúgios, a casas-bem-estar, a casas-úteros,...
Acho que todos temos uma casa assim. Ou real, algures no passado, ou etérea, semeada num futuro. Não me parece que tal casa seja a presente...

Uma dessas canções é a que hoje agarro neste post, não colocando a tocar a versão da Elis Regina propositadamente. Elis é uma das divas e terá post inteirinho só para ela.


*****
Casa no Campo

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim

Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
E um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais



*****

Deixo o Evandro Marinho, a tocar o seu violão e a cantar com o seu público, num barzinho.

P.S. - Mudei "publicozinho" para "público" para que não ferisse sensibilidades. Deixo outra nota : qualquer música/músico que seja aqui postado é, salvo indicação em contrário, do meu agrado. Passou no meu crivo... senão, não estaria aqui a tocar!

5 comentários:

Carlota disse...

Fico então a aguardar o post da Elis Regina.
Uma outra canção de que também gosto muito e que, no fundo, também se refere a uma casa, é uma da Elba Ramalho.
É uma vergonha, mas não me lembro do nome da canção. Só que começa com
Estou de volta p'ró meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade...


Beijola.

Beija-Flor disse...

Carlota
Já se ouve aconchego lá em Beija-Flor

:)

abelha disse...

tsiwari, sabes de quem é a letra da canção?
Construo uma "casa no campo" desde que Sou. É q a casa etérea de que falas não é só p preparar o futuro, não! Também dá alento ao presente e paz ao passado.

Mais uma vez, penso eu de que... :)

***

Dulce disse...

Ai, qundo eu tiver colunas e um computador "decente" vou adorar as músicas que aqui deixas. Este é um computador de recurso.
Que saudades dessa música, que eu só cantarolei seguindo a letra!
O teu blog tem muita paz!
Obrigada!
E um beijo

TsiWari disse...

carlota : a beija-flor adiantou-se, com a canção da Elba - De volta pró meu aconchego. ***

beija-flor : obrigado ***

abelha : a autoria é da dupla Zé Rodrix e Tavito. ***

dulce : que bom!!! ***