terça-feira, maio 30, 2006

# XLVIII - Mesmo na noite mais triste/ Em tempo de servidão

"O pessimista queixa-se do vento, o optimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas"


Ward
Soam tempos de ajustamentos de velas!
(Fotografia obtida numa noite de Agosto/05, no pequeno lugar de Quiaios)

2 comentários:

Teresa Lopes disse...

...Há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não!
Ajustemos, então, as velas.
Brindarei convosco :-)
TL

IC disse...

:) A Teresa já completou o que eu vinha completar.
As mesmas memórias :)(2ª feira deixei no meu cantinho a canção na saudosa voz de Adriano, e também as minhas saudades de Zeca Afonso)

Mas, gostei da citação (de Ward), não conhecia... Já tenho procurado ajustar as velas tantas vezes, não sei se ainda consigo, mas... vamos a isso!!! (Já não vou estar na escola, mas tentarei estar, de alguma forma, no barco)