sábado, setembro 20, 2008

# CCLXVI - Para a Manu

.
.
.


[Num azulejo da Escola Profissional Agrícola Conde S. Bento, em Sto Tirso]


Quando Paulo Vanzolini escreveu este samba (Volta por cima), no ido 1962, encontrou alguma dificuldade em encontrar quem o quisesse gravar. Não o achavam muito comercial...
Mais tarde, quando foi gravado, teve tal sucesso que ficou conhecido pelo "samba do Vanzolini". Teve ainda outra responsabilidade - acrescentou ao Aurélio (o mais conhecido e respeitado dicionário do Brasil) a expressão "dar a volta por cima".

O poema do Torga fala da capacidade de renascer. O que conta é o que a cepa resguarda.


As duas referências remetem-me, uma vez mais, para a resiliência. E isso, minha querida Manu, é muito teu.




-----<@


VOLTA POR CIMA
(Paulo Vanzolini)

Chorei, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu chorei
Qualquer um chorava
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava
Um homem de moral não fica no chão
Nem quer que mulher
Venha lhe dar a mão
Reconhece a queda e não desanima
Levanta, sacode a poeira
E dá a volta por cima





Aqui, cantada pela poderosa Maria Bethânia:



9 comentários:

Alecrim disse...

MUito bonito. Mesmo! Mas isto: "nem quer que mulher venha lhe dar a mão"... dá-me arrepios.

Rosa disse...

Olá:)
É isto mesmo que temos que fazer...dar a volta por cima e aproveitar ao máximo esta vida maravilhosa:)

Há muito tempo que não vinha cá, aproveitei para ver tudo:)

bj grande

tsiwari disse...

Alecrim : concordo. ;)***

rosa : bom reler-te por aqui. :)***

Raquel Alves disse...

Olá! Viva!...vim visitar-te.É sempre um gosto fazê-lo! Por aqui há sempre boa música, comentários interessantes, visões que valem a pena...Abraço forte

tsiwari disse...

raquel : simpatia tua, isso sim, é uma constante. Volta sempre ;)***

deep disse...

Estou como a alecrim: só não gostei dessa recusa da mão da mulher!

Obrigada pela partilha. Não conhecia.

Boa semana. :))

tsiwari disse...

deep : na verdade, o sentido que deram à expressão "dar a volta por cima" não era o que o autor lhe queria dar.

"A respeito de “Volta por Cima” o próprio Paulo Vanzolini fez o seguinte comentário: “Eu criei essa expressão por volta de 1959 ou 60 e ela tem me dado uma satisfação meio misturada porque por um lado você ter uma expressão que você inventou da sua cabeça no dicionário de Aurélio...Ninguém pode ficar infeliz com isso, né? Mas o dicionário não pegou bem o que eu queria dizer e se o dicionário não pegou bem, a culpa é minha. Porque quando eu dizia ‘dar a volta por cima’ não quer dizer só vencer as dificuldades mas é vencer com grandeza, vencer com generosidade, ser o ‘machão’absoluto...”

Assim, entende-se melhor a recusa da mão da mulher (e não de qualquer outra pessoa).

Bjo e bom resto de semana para ti tb.

Teresa Lobato disse...

Mensagem recebida e descodificada :)

Abraço***

tsiwari disse...

Teresa : um bjo.