domingo, abril 15, 2007

# CXLV - João, o Afonso sonhador


(Entregue, vivia a música que connosco partilhava - VNGaia, 14 Abril de 2007)



Já aqui http://4thefun.blogspot.com/2006/05/xlv-e-se-nos-fosse-dada-outra-vida.html vos falara do João. Conhecia apenas a sua música - especialmente interessante, rica e envolvente...
Ontem vi-o, num espectáculo de CantAutor a que chamou "Um redondo vocábulo" e em que percorre, belissimamente acompanhado ao piano por outro João (o Lucas), as canções e os poemas de José Afonso. Foi um espectáculo muito intimista, extremamente bem conseguido. Havia alturas em que nos parecia ser o José, e não o João, em palco - tal é a qualidade do trabalho. Dos discos do João, apenas reconheci o tema "Bombons de todos os dias" que faz parte do seu mais recente trabalho "Outra vida". Fica-me o desejo forte de o "ouver" num espectáculo seu, com os seus temas...

Não entendo como este fabuloso artista é ainda, para muitos portugueses, um ilustre desconhecido. Será culpa das televisões que apostam mais depressa em produtos medíocres?
Felizmente João Afonso é acarinhado noutras terras - em particular na Galiza - o que lhe vai, também, dando ânimo para continuar.

Ao João Afonso, relembro o pedido : Não esmoreças!

---<@


Deixo em escuta o tema "Coral de missangas", do seu cd Missangas - um dos tais que é obrigatório em qualquer boa discografia. Este tema resulta de uma ideia (para mim, completamente inovadora) genial : é constituído por excertos de vários temas do álbum. Os temas aparecem ligados, como num colar (coral é mais bonito!) de missangas, conferindo uma consistência a todo o trabalho.
Nota : Cuidado com este cantautor! É viciante...





4 comentários:

Dulce disse...

Eu gosto muito de João Afonso!

Marota disse...

E o que eu gosto, nesse cd Missangas, do tema Sesta!! Excelente!!

Rosa dos Ventos disse...

É arripiante a semelhança da sua voz com a do tio!
Mas aqui emprestou-lhe uma sonoridade africana que o Zeca não tem.
Gosto dele nos dois registos!

Cometa 2000 disse...

Conheci a música dele há uns anos. Gostei logo! Ainda não o consegui ver ao vivo mas, hei-de lá chegar!