sexta-feira, janeiro 05, 2007

# CLXXXI - Divos - Doze - Zeca Afonso


(Por esses quintais perdidos vamos... Aveleda, 2005)

Ontem dei com o meu rapaz a treinar para hoje, na escolinha, se sair bem com a canção das Janeiras. Tem a sorte de ter uma professora que valoriza muito as tradições, os usos e costumes tipicamente portugueses - nos teatros baseia-se em contos populares, nas canções prefere as portuguesas tradicionais...

E assim, lá trauteava ele " Vamos cantar as janeiras, vamos cantar as janeiras..." .Sem o saber, pôs-me a viajar no tempo.

Chegavam ao fim os anos 80. Por ter indicado outros sócios, tinha direito a escolher uns prémios da revista do Círculo de Leitores. Foi assim que tive o meu primeiro cd - cantares do andarilho, do José Afonso, Série Ouro! A primeira edição neste formato do LP de 1968. Escolhido entre muitos outros, ouvido muitas vezes na aparelhagem nova, com o encantamento de sempre.

E, porque estamos em véspera de dia de Reis, fica partilhado o Natal dos Simples - para recordar, para viajar nas memórias.


----<-@

Natal dos Simples de José Afonso

Vamos cantar as janeiras
Vamos cantar as janeiras
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas solteiras

Vamos cantar orvalhadas
Vamos cantar orvalhadas
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas casadas

Vira o vento e muda a sorte
Vira o vento e muda a sorte
Por aqueles olivais perdidos
Foi-se embora o vento norte

Muita neve cai na serra
Muita neve cai na serra
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem tem saudades da terra

Quem tem a candeia acesa
Quem tem a candeia acesa
Rabanadas pão e vinho novo
Matava a fome à pobreza

Já nos cansa esta lonjura
Já nos cansa esta lonjura
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem anda à noite à ventura

Letra e música de José Afonso in LP "Cantares do Andarilho", 1968




5 comentários:

deep disse...

E não é esta uma boa lembrança?

Bom dia de reis!

Rosa dos Ventos disse...

Imagina que eu comprei o LP de 68 em Setúbal quando os amigos do Zeca o vendiam aos amigos,às escondidas, para ele poder sobreviver.
Tempos difíceis com músicas tão belas...uma forma de atenuar a ditadura.
Vamos cantar as Janeiras?

bell disse...

Mais uma tradição a desaparecer.

IC disse...

Já aqui tinha passado ontem sem comentar. Comove-me sempre ouvir esta voz.
**

AnaCristina disse...

Veio-me à memória quando andava nas ruas da minha aldeia a cantar as Janeiras. Detestava fazê-lo. Mas agora sei o quanto foi importante prara mim...