sábado, outubro 21, 2006

# CLIII - Divas - Treze - Mariza


(Mariza - Foto capturada da net)

Quem me tem lido já sabe do meu gosto pelo fado. Considero a Mariza um produto fabricado, o resultado de um marketing bem conseguido - isto é, com a sorte de ter tido quem soubesse como se fazem estas coisas - mas como tendo, também, muito valor. Gosto imenso de a ouvir.

Arrepiei-me quando a vi ao vivo.


Canta várias canções de uma forma tal que já são suas.
Chuva (tema do Jorge Fernando - que também a canta - o tal guitarrista da Amália que um dia teve a infelicidade de cantar aquela coisa inenarrável que dava pelo nome de Umbadá!) é dessas canções. Das que entram na classificação de perfeitas...



as coisas vulgares que há na vida
não deixam saudade
só as lembranças que doem
ou fazem sorrir
há gente que fica na história
na história da gente
e outras de quem nem o nome
lembramos ouvir
são emoções que dão vida
à saudade que trago
aquelas que tive contigo
e acabei por perder
há dias que marcam a alma
e a vida da gente
e aquele em que tu me deixaste
não posso esquecer

a chuva molhava-me o rosto
gelado e cansado
as ruas que a cidade tinha
já eu percorrera
ai... o meu choro de moça perdida
gritava à cidade
que o fogo do amor sob a chuva
há instantes morrera
a chuva ouviu e calou
o meu segredo à cidade
e eis que ela bate no vidro
trazendo a saudade

(Jorge Fernando)










9 comentários:

Maggie disse...

Não sei se é produto fabricado ou não, mas que dá gosto ouvir, dá.
Tem uma presença em palco muito agradável e pelo que me é dado conhecer, uma personalidade que tem deixado boa impressão nos países onde actua.
Dou por isso os meus parabéns à Mariza e deixo aqui os meus votos para que haja muitos produtos fabricados iguais a este :D

deep disse...

Também gosto de ouvir Mariza. Colhi, de uma entrevista que vi ou li - não recordo -, uma imagem muito positiva dela como pessoa.
De facto, Jorge Fernando que, como prova a canção postada, tem muitas qualidades como músico e compositor não foi muito feliz no Umbadá, a que quase sempre o associamos.
Bom resto de semana. Bjs

Tit disse...

Ainda venho a tempo de dar os parabéns?...
Permito-me a adivinhar a resposta e... Parabéns!!!
;)***

MAM disse...

Continuo a perder-me para postar um comentário neste blog que amo tanto, porque me traz a música que eu gosta a que ainda não conheço e as palavras de quem sabe do que fala. Parabéns.
armandina

TsiWari disse...

Maggie - bem vinda! Fabricado, só no sentido do apoio de Marketing que tem. Escrevo que ela tem Muito valor, não é?

deep - volta sempre!

Tit - foi. obrigado.

MAM - tão querida! beijo com saudade.

Anónimo disse...

Ola,

Ja que gostas de Fado, ha muita coisa de dizer do Jorge Fernando a nao ser o "Umbada" que confesso nao é das melhores...

O Jorge Fernando é um grande amigo, que tem 30 anos de carreira que tocou para os melhores fadistas (amalia, fernando mauricio, argentina santos,maria da fé...), que escreveu e compos fados inesqueciveis (fado genuino, mar cruel,velho fado, trigueirinha,e tantos...) Um grande poeta que merecia um post teu...
Ainda hoje descobre talentos (ana Moura, Mariza...)



Uma amante do Fado em Paris

TsiWari disse...

Amante do fado em Paris: ... e escreve canções que eu rotulo como perfeitas, não é?
;)***

disse...

Por fim decido parar...!Esta é das músicas que mais alto toca no meu carro...!
Pela curiosidade do blog perdi a noção do tempo...este passou e eu senti-me a crescer...mas no intelecto!
Nada é por acaso! As aulas de SPSS foram só o começo da absorção de "saberes"...!
Vou passar a ser grande "cusca"!
Cumprimentos, Susana V curso Enf. Comunitária.

tsiwari disse...

zá: que prazer ler-te, por aqui.

Volta sempre, claro. És muito bem-vinda!

Bjo