terça-feira, outubro 10, 2006

# CL - Em tempo de luta


(Mar do Norte, em tempo de calmaria - Agosto'06)

Em tempos conturbados, de reformas (perdas?) de Estatutos, de desconfortos, de injustiças, de manipulações da Comunicação Social, relembro o recado de um amigo de além-mar, quando soube das (nossas?) vitórias de Abril:

Tanto mar (Chico Buarque) - 1975

(1.ª versão) - Letra original, censurada; só a versão instrumental foi gravada no Brasil. A gravação - com letra editada - só foi publicada em Portugal, em 1975.

Sei que estás em festa, pá / Fico contente
E enquanto estou ausente / Guarda um cravo para mim

Eu queria estar na festa, pá / Com a tua gente
E colher pessoalmente / Uma flor do teu jardim

Sei que há léguas a nos separar / Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá /Navegar, navegar

Lá faz primavera, pá / Cá estou doente
Manda urgentemente / Algum cheirinho de alecrim


(2ª Versão) - A segunda versão foi gravada no início de 1976 e refere-se ao Novembro de 1975 em Portugal e ao fim do período mais revolucionário. Penso-a algo mais adequada a estes tempos, geridos por gente de alma sinistra.

Foi bonita a festa, pá / Fiquei contente
E inda guardo, renitente / Um velho cravo para mim

Já murcharam tua festa, pá / Mas certamente
Esqueceram uma semente / Nalgum canto do jardim

Sei que há léguas a nos separar / Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá / Navegar, navegar

Canta a primavera, pá / Cá estou carente
Manda novamente / Algum cheirinho de alecrim


A Fafá de Belém junta as duas versões numa só canção. Fica mais evidente a desilusão (porque murcharam a nossa festa!)






5 comentários:

cap disse...

É difícil (e improvável), mas a luta ainda não acabou.

Dulce disse...

Este teu blog deixa-me tanta pena que o meu velho pc não tenha colunas... Em Dezembro compro um computador novo, com tudo aquilo a que tenho direito. Depois venho aqui deliciar-me!

IC disse...

Hoje gostei especialmente de passar por aqui ;)
(Talvez porque...
"Mas certamente
Esqueceram uma semente
Nalgum canto do jardim")
**

Dulce disse...

já estou a ouvir!
O meu mano velho teve a feliz ideia de me dar umas colunas! :)

Sofia disse...

Olá,
Chico Buarque é mesmo maravilhoso !!
Abraços e obrigada pelas visitas e palavras amigas,