quarta-feira, agosto 25, 2010

# CCCXCV - Dos pés

.
.
.



[Matosinhos, Agosto'10]




Tempo de férias é tempo de tempo livre. De dispor desse tempo, de o deixar rolar, sem a pressa dos compromissos de todos os dias.


E pode-se fotografar, experimentar, brincar...


Foi assim que se fez esta foto.


E, depois da foto, surgiu a brincadeira de recordar frases feitas com a palavra ou pés. Lembramo-nos destas :


Acordar com os pés de fora – estar maldisposto
Armar um pé-de-vento – arranjar confusão
Dar com os pés – desfazer uma relação
Dar um tiro no pé – algo que se imaginava como positivo e que se revela, afinal, como sendo negativo
Do pé para a mão – como por magia e rapidamente
Estar com os pés para a cova - moribundo
Ir num pé e voltar no outro – ser rápido
Levar ao pé da letra – interpretar literalmente
Meter o pé na argola – cometer um erro ou gafe
Meter os pés pelas mãos – ser apanhado a mentir
Não ter pés nem cabeça – não fazer sentido
Pé de chumbo – dançar mal
Pôr o pé em ramo verde – correr um risco
Santo com pé de barro – aparentar virtudes que não se possui


Há certamente muitas mais. [Alguém quer contribuir para o engrossar da lista?]
A melhor, para mim, é :


Pés Quentes, Cabeça Fria, Cu Aberto, Boa Urina - Merda para a Medicina.


E, das canções com "Pés", além da óbvia "Ponha aqui o seu pézinho", muitas outras poderiam ser escolhidas. Fiquei-me por esta, que acho merecedora de partilha:



Angel Feet
[Norfolk & Western]

Red an white
Italian table cloth
Wrapped around
Your body tied with knots
Sit on the couch and
Twiddle with your toes
Talk about the divorce
Maybe not today
Cause you're so far away
I'll be playin' here
And tippin' on my toes
I got angel feet on my mind







8 comentários:

wandering disse...

"Pés não tem, coices promete." (há muito quem)
"As dez mete na cama os pés." (E o resto é para ficar de fora?)
"Em pé de pobre é que o sapato aperta." (Claro, compra sapatos foleiros)
"É melhor andar a pé do que montar em burro magro." (Não sei, enquanto o burro for aguentado sempre dará para o gasto)
Mais não sei...
Bj

yuvaíka disse...

Já tenho saudade do tempo sem compromissos, das férias sem pressas. Oh! como gostava, eu, de dispor do tempo como queria que ele fosse só para mim.Será egoísmo ou puro dramatismo?

Já agora para a lista sugiro: "Barriga cheia, pé na areia"

:)***

tsiwari disse...

wandering : são do melhor estes ditados que acrescentaste. Obrigado.


E a foto? Não achaste piada?

E da música? Nadica???

;) Bjo

tsiwari disse...

yuvaíka : será que, algum dia, foi assim? Só para ti, o tempo?

Poderia falar-te do tal tempo de qualidade mas, a verdade, é que também sinto que é preciso tempo só para "jogar fora" sem remorsos...

Gosto do pé na areia!



:)***

wandering disse...

Uma simetria quase perfeita, mas inesperada, confunde o cérebro à primeira vista. Gosto de simetrias imperfeitas.
A música tem o tipo de sonoridade que me agrada.
Twiddle with toes/fingers, I like it.

Contento?
Baci

deep disse...

Gosto da música, gosto da foto e gosto do hábito de brincar com as palavras ou de evocar os seus múltiplos sentidos.

Quanto a expressões/ provérbios, sugiro:

"Há sempre um pé para uma chinela."; "Ter/ não ter pé."; "Não ter pés para andar."

A propósito de "Pés Quentes, Cabeça Fria (..)", ocorreu-me: "Mãos quentes, coração frio, amor vadio; mãos frias, coração quente, amor p'ra sempre."

Bom resto de semana. :)***

tsiwari disse...

wandering : moltíssimo! Grazie


Baci

tsiwari disse...

deep : obrigado!

As minhas mãos teimam nas temperaturas altas...




:)****