segunda-feira, novembro 12, 2007

# CCXXII - Ei-la...


(Imagem daqui)

... a melancolia feita voz, de regresso. Considerada como a mais desalinhada das nouvelle artistes , uma Madeleyne Peyroux cá do burgo, Lula Pena - voz e guitarra, sempre - brilhou no Maxime, em Lx, e vem ver-nos esta sexta-feira, no Passos Manuel, cá no Porto.

Imperdível... até porque não se sabe se (nem quando) voltará.

Se mal me pergunte... para quando o segundo disco, hein? O tal Profissão de Fé, que se seguiria a Phados? É preguicite?

Fica um pouquinho do que se ouviu no Maxime:



7 comentários:

José N. Azevedo disse...

Não conhecia, e fiquei fã só com este trecho. Phados, diz que se chama o disco? Vou procurar...

Rosa dos Ventos disse...

Estranha e bela forma de cantar o fado! Gostei!
Não conhecia...e agradeço.
Se não fossem os meus amigos virtuais eu ainda era mais ignorante!

Abraço

zef disse...

Para certas músicas venho aqui e, palavra palavrinha, não sei roubá-las...
Um abraço

TsiWari disse...

josé n azevedo : bem vindo a este canto! se não encontrares, podes sempre falar comigo ;)

rosa dos ventos : todos aprendemos com todos. e eu contigo, por maioria de razão ;)**

zef : para quê roubar? podes sempre pedir ;)

TsiWari disse...

Conta quem esteve (e era cerca de uma dezena de espectadores) que valeu pouco...

... há coisas assim, não há? Uma maravilha em cd e depois, ao vivo, uma decepção.

Mário disse...

Olá

Eu para além de fotografar o concerto de Sines, também o filmei, está na lista de coisas a fazer o editar a filmagem.

TsiWari disse...

mário : olá!

E que tal esse concerto em Sintra?