domingo, setembro 23, 2007

# CCXVII - São cem anos*


(Francisco de Goya y Lucientes -The Old Woman with a Mirror)



A Dona Canô completou, no domingo passado, 100 anos.
Esse nome conheci-o no canto da Daniela Mercury "Dona Canô chamou, eu vou..." e no "venha ver aquele preto de que você gosta".
Mãe de Caetano Veloso e de Maria Bethânia (entre outros, incluindo duas adoptivas, ou de criação). Aliás, é de uma destas que Caetano fala quando escrevia, no exílio, “Eu quero ir minha gente, eu não sou daqui/ eu não tenho nada/ quero ver Irene dar sua risada”.
A festa foi grande em Santo Amaro da Purificação (aprendi o nome desta terra na voz de Bethânia).
Gostei de saber que na missa desse domingo, em que Dona Canô apareceu, Maria Bethânia homenageou a sua mãe cantando. Que emoção terá sido!
Do seu cd "à Senhora dos Jardins do Céu", retirei duas faixas e "mixei-as". Na primeira parte, ouve-se a própria dona Canô orando a Ladainha de nossa Senhora. Depois, entra a filha cantando Oferta de flores.
Imagino Bethânia a cantar este tema, a pensar na sua mãe e a deixar uma lágrima correr pelo seu rosto. Sempre acreditei que cantar é rezar duas vezes!


------------------
* Dedicado à Vó Maria, que neste Dezembro passado, a pouco mais de um mês de ser centenária, nos deixou. Foi devolvida à terra no dia da Nossa Senhora da Conceição - 8 de Dezembro. Deixou-nos também tanta coisa... tanta...



4 comentários:

Carlota disse...

Acho que depois da Daniela Mercury não houve ninguém que ficasse sem saber quem era a Dona Canô...
Agora que já tem 100 anos, isso não sabia!
Beijola.

Rosa dos Ventos disse...

Obrigada pela ladainha da mãe Canô e pelas flores da filha.
É o que dizem em relação ao cantar,
espero que isso posso ajudar-me a entrar no reino dos céus...
Abraço

sharemusicnotguns disse...

Bonita a sua lembran�a de Dona Can� bonita a sua mixagem... e ainda mais bonita a sua dedica�o � V� Maria. Meu amigo, acredito que algumas pessoas, como V� Maria para vc, n�o nos deixam jamais. O corpo volta � terra, mas o brilho com que essas pessoas nos iluminaram a vida continua numa estrela como j� o disse algu�m.. E vive em n�s, at� o fim....
Grande abra�o.

Anónimo disse...

Embora soubesse, justamente pela Daniela Mercury, quem é Dona Canô, desconhecia o seu 100.º aniversário!

As histórias e os ensinamentos que pessoas assim têm para nos transmitir...

Bom fim-de-semana.

deep